Maquiagem não faz mal para a pele!!!

18 de junho de 2010 - BlogVídeos

Que comentário insistente e errôneo é este que eu já ouvi inúmeras vezes na minha vida: “Maquiagem faz mal para pele!”. Isso não é verdade. O que ocorre, é que, antigamente, muitas maquiagens eram produzidas à base de vaselina (um produto extremamente gorduroso, que poderia obstruir os poros) ou continham outros tipos de substâncias oleaginosas. Hoje, não é mais assim. Os produtos de maquiagem são produzidos, especialmente, à base de silicones que fazem a função desses óleos – substituindo a vaselina, por exemplo – sem provocar acne e nem obstruir a pele. Além disso, antigamente, vários pigmentos poderiam ter potencial cancerígeno. Hoje, esses pigmentos NÃO são mais usados, sendo substituídos pelos inorgânicos – que são menos alergênicos e bastante compatíveis com a pele.

As bases modernas, além de conterem, muitas vezes, algum fator de proteção, ainda fazem uma barreira física, ajudando a amenizar os efeitos dos raios solares – vale lembrar que, ainda assim, o ideal é usar um filtro solar primeiro, e, por cima, a base.

O que as pessoas pensam é que a pele do rosto precisa respirar o tempo todo, 24 horas por dia. Mas por que seria assim? O filtro solar, que é obrigatório hoje em dia, já não faria uma obstrução? Você acha que as horas em que você fica em casa sem maquiagem – enquanto dorme, depois do banho, limpando a casa – não bastam pra que isso aconteça? Pois lhe digo que bastam. Eu, por exemplo, uso maquiagem diariamente há mais de dez anos, e não sinto a minha pele prejudicada por isso. Se a sua for seca, então, ela tende a fazer uma barreira importante, que dificulta a perda de água da sua pele para o ambiente, ajudando a aumentar a hidratação.

Acho que nesta foto – que é bem simples – dá pra ver bem a pele:

18

A única pele que pode ser um pouco prejudicada pelo uso de maquiagem é a do tipo oleosa e acneica (se for só oleosa, e não tiver tendência à acne, também não tem problema). Isso pode aumentar a acne, porque a barreira física que a maquiagem faz pode atrapalhar o extravasamento de sebo que as glândulas sebáceas, desse tipo de pele, produzem em excesso, resultando em acne. Mas para essas, há uma solução: você deve fazer a sua maquiagem e, quando sentir que a pele já está oleosa, deverá lavar o rosto, retirar tudo, e refazer o make. Sei que é trabalhoso, mas, dessa forma, a sua acne não aumentará às custas da maquiagem.

Gente, acreditem em mim: todos os dermatologistas em que fui até hoje e o meu curso (que aborda muito esse tema também) concordam com a mesma coisa. Mas claro, é importante, sim, que você retire – DIARIAMENTE – a maquiagem que você fez com um demaquilante correto e, depois, limpe, hidrate ou finalize com os cuidados necessários que a sua pele exigir. A remoção adequada da maquiagem vai garantir que, naquelas horinhas em que a pele não estiver ocluída, a vazão de gordura sobre a superfície cutânea ocorra normalmente, adequando o seu manto hidrolipídico (responsável pela manutenção da hidratação).

Só não tenha medo de usar e abusar desses produtos tão maravilhosos que fazem um bem diário ao nosso ego!

* Este texto foi escrito sob as instruções e sugestões da minha competentíssima professora do curso de Estética e Cosmética e farmacêutica Eliane Sempé Obach.